Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Figuras e Percursos 2007-2008

MEDICINA

António Gentil Martins, um homem de causas e princípios
 
Grande figura da Medicina e indiscutível referência ética para os médicos de todos os tempos, António Gentil Martinstem lugar reservado na galeria daqueles médicos que são arquétipos e paradigmasdos cultores desta nobre e um pouco misteriosa actividade humana.
 
DANIEL SERRÃO
Professor da Universidade do Porto






Cirurgião português (Lisboa, 1930). Licenciado em Medicina e Cirurgia (1953) pela Faculdade de Medicina de Lisboa, foi fundador (1960) da primeira Unidade Multidisciplinar de Oncologia Pediátrica (Médico-Cirúrgica) a nível mundial. É especialista em Cirurgia Pediátrica e em Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e é, desde 1986, director do Serviço de Cirurgia Pediátrica do Hospital de D. Estefânia.

É ainda um reputado cirurgião, de fama mundial, na separação de pares de gémeos siameses.

António Gentil Martins foi presidente da Ordem dos Médicos (1977-1986), da Associação Médica Mundial (1979-1983) e da Liga Portuguesa Contra o Cancro (1995-1997). Foi campeão de Portugal com carabina de precisão a 50 m, deitado (1953) e com espingarda de guerra a 300 m, deitado (1954), participou nos Jogos Olímpicos de Roma (1960) na modalidade de tiro com pistola automática a 25 metros.

 
publicado por annualia às 15:00
link do post | comentar

Figuras e Percursos 2007-2008

Foto: Inês GonçalvesTEATRO

Ricardo Pais: audácia e rigor
 

(...) Poucos criadores teatrais em Portugal terão tido um tão profundo impacto nos seus colaboradores, nas valências várias da escrita e tradução, da cenografia e dos figurinos, do desenho de luz e da criação de imagem de vídeo, da sonoplastia e do desenho de som, da composição musical e, particularmente, do trabalho dos actores.

PAULO EDUARDO CARVALHO
Professor da Universidade do Porto
 




Homem de teatro (Maceira-Liz, Leiria, 1945). Actor, foi em Londres, para onde foi em 1968, que descobriu a sua vocação de encenador ao frequentar o Drama Centre. Após mais de 20 anos de trabalho, realizado nos mais diversos palcos e companhias, com saliência para o seu trabalho no Teatro Viriato, em Viseu, foi convidado para dirigir, em 1995, o Teatro Nacional de São João, onde permanece.
publicado por annualia às 14:55
link do post | comentar

Figuras e Percursos 2007-2008

MÚSICA

  Eurico Carrapatoso: uma «Canção com Palavras» 
                                   

«De quantas dezenas de anos vão ainda precisar os compositores para perceberem que o chão atonal é um chão que nunca chegou a dar uvas?»


SÉRGIO AZEVEDO
    Compositor
Professor na Escola Superior de Música de Lisboa





Compositor português (Mirandela, 1962). É o nome mais firmado da mais recente música contemporânea portuguesa. Formado em História na Universidade do Porto (1985), estudou música no Conservatório e Escola Superior de Música com J. L. Borges Coelho, Cândido Lima, Constança Capdeville e Jorge Peixinho, com as mais altas classificações. É professor de composição e Análise Musical no Conservatório, Academia de Amadores de Música e Academia Nacional Superior de Orquestra. A sua obra, que é já vasta, inclui música para orquestra, de câmara, coral, vocal, música de cena e para piano.

 


publicado por annualia às 14:40
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Figuras e Percursos 2007-...

Figuras e Percursos 2007-...

Figuras e Percursos 2007-...

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO