Domingo, 4 de Maio de 2008

Isabel da Nóbrega distinguida pela SPA

Isabel da Nóbrega (n. Lisboa, 1925) estreou-se, em 1951, com a narrativa Os Anjos e os Homens. Com o romance Viver com Os Outros (1964) recebeu o Prémio Camilo Castelo Branco. As perso­nagens, ao viverem em sociedade e na solidão, conservam com o mundo contemporâneo uma relação simultaneamente breve e intensa. Cola­borou, com crónicas, na imprensa e mantém na rádio um programa sobre livros e leituras. A escritora portuguesa, a quem José Saramago originalmente dedicou Memorial do Convento, foi agora distinguida com o Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores.

Outras obras: Filho Pródigo (teatro, 1954), Já não há Salomão (narrativa, 1966), Solo para Gravador (contos, 1973), Quadratim (crónicas, 1976), O Amor Difícil (teatro).

publicado por annualia às 13:09
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO