Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Suharto (1921-2008)

Haji Mohamed Suharto (Kemusu, Java, 8.6.1921 - Jacarta, 27.1.2008). A II Guerra Mundial abriu-lhe a carreira militar. Recrutado pelos Japoneses, filiou-se em seguida no Partido Nacional de Libertação e conduziu vitoriosamente a guerrilha contra os Holandeses. Chegado ao posto de general, dirigiu os comandos que o presidente Sukarno lançou sobre a Nova Guiné e, depois, sobre Bornéu na altura da formação da Grande Malásia (1961-1964). A ideologia maoísta foi-se propagando no exército em detrimento das forças naciona­listas, e Suharto afogou no sangue o

putsch comunista de 30 de Setembro de 1965. Foi imposto pelas suas tropas fiéis primeiramente como auxiliar de Sukar­no e, depois, como chefe incontestado do Governo indonésio. Tornou a Indonésia numa grande potência regional e não hesitou em anexar Timor Leste em 1975. Em 1998, perante a pressão externa por causa de Timor e a extrema degra­dação da situação interna, foi obrigado a demitir-se.
publicado por annualia às 01:18
link do post
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO