Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Mercedes Sosa (1935-2009)

Cantora argentina (San Miguel de Tucumán, 9.7.1935 – Buenos Aires, 4.10.2009) conhecida pelo empenhamento social e político da sua música, que se caracterizou sempre pelas suas raízes populares. Impedida de cantar no seu país, em 1980 exilou-se em Paris, fixando-se depois em Madrid. Deu concertos pelas Américas e na Europa, muitas vezes ao lado de outros cantores importantes, como Milton Nascimento, Chico Buarque de Holanda ou Caetano Veloso. Notícia do jornal Público aqui. Biografia detalhada e discografia aqui.

 

publicado por annualia às 00:02
link do post | comentar
Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Rafael Escalona (1927-2009)

 

Compositor e cantor colombiano (Patillal, 27.5.1927 - Bogotá, 13.5.2009) que se tornou um ícone do vallenato, um género de música popular de origem rural, cujas raízes se entrelaçam na tradição trovadoresca e jogralesca ibérica e na sua fusão com ritmos e instrumentos típicos da África Ocidental e outros autóctones. Os instrumentos do vallenato (o designação indica a sua origem num vale) indicam, aliás, essa mistura: um tipo de tambor (caja vallenata), a guachacara (instrumento de percussão que se toca friccionando um raspador num tubo de madeira) e o acordeão. A este leque instrumental foi, por vezes, adicionado um certo número de outros instrumentos, como a viola ou o piano, existindo hoje uma variedade de registos desta música tradicional. A vida de Rafael Escalona, já uma lenda, foi tema de uma telenovela que foi para o ar em 1992, na Colômbia, e que constituiu um marco na carreira de Carlos Vives, que desempenhou o papel do cantor/compositor. Amigo de Gabriel García Márquez, tem-se referido que o pai de Escalona terá servido de modelo a Aureliano Buendía, personagem de Cem Anos de Solidão. A música de Rafael Escalona é também referida naquela obra.
publicado por annualia às 00:50
link do post | comentar
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

Odetta (1930-2008)

Cantora norte-americana (Birmingham, Alabama, 31.12.1930 - Nova Iorque, 2.12.2008) cuja família se viu obrigada, mercê do racismo e da miséria, a emigrar para a Califórnia, aí fazendo a sua educação na área da música clássica. Porém, fascinada pela folk-music e pelos blues, acabou por escolher a música popular, acompanhando-se à guitarra. A escolha do seu percurso musical implicou também outras escolhas -- Odeta tornou-se a voz emblemática do protesto cívico sobre os direitos humanos e o racismo. No início da sua carreira contou com o apoio de Harry Bellafonte e de Pete Seeger. Figuras da música popular, como Bob Dylan, Joan Baez, Janis Jopin, Joan Armatrading e outros, devem-lhe imenso.

Discografia e muito mais aqui.
 

publicado por annualia às 09:41
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Mercedes Sosa (1935-2009)

Rafael Escalona (1927-200...

Odetta (1930-2008)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO