Segunda-feira, 4 de Maio de 2009

Vasco Granja (1925-2009)

 

Divulgador de banda desenhada e do cinema de animação em Portugal (Lisboa, 10.7.1925 – Cascais, 4.5.2009). Ver biografia no Público.

 

publicado por annualia às 11:15
link do post | comentar
Terça-feira, 31 de Março de 2009

Monte Hale (1919-2009)

Actor americano (San Angelo, Texas, 8.6.1919 – Los Angeles, Califórnia, 29.3.2009) que se destacou pelos seus desempenhos em westerns dos anos 40, incluindo Home on the Range (1946), de R. G. Springsteen, The Man from Rainbow Valley (1946), de R. G. Springsteen, Last Frontier Uprising (1947, de Lesley Selander), Along the Oregon Trail (1947) e Under Colorado Skies (1947), de R. G. Springsteen, The Timber Trail (1948), Prince of the Plains (1949) e Law of the Golden West (1949), no qual interpretou a figura de Buffalo Bill, Outcasts of the Trail (1949), todos de Philip Ford, ou The Missourians (1950, de George Blair). Apareceu também ao lado de James Dean em Giant (1956, de George Stevens). A televisão popularizou ainda mais sua imagem e o actor tornou-se um herói de banda desenhada como cowboy cantor, ao estilo de Gene Autry.

 


 


 


 

publicado por annualia às 15:09
link do post | comentar
Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

Claude Moliterni (1932-2009)

 

 photo de Claude Moliterni

Escritor francês (Paris, 21.11.1932 - ibid., 21.1.2009), autor de romances policiais (nos quais usou pseudónimos como Éric Cartier, Cehem, Olivier Fontaine, Karl von Kraft, Frank Sauvage, Yves Sinclair ou Marc Jourdan), mas sobretudo conhecido pelas suas ligações, como historiador e argumentista/guionista, ao mundo da Banda Desenhada.

Escreveu também peças radiofónicas, produziu discos e foi co-autor de uma história da música.

Em 1964, presidiu à SOCERLID (Société civile d'études et de recherches des littératures dessinées). Em 1966 criou Phénix, revista de estudos sobre BD, cuja redacção chefiou até 1977. Criador de exposições (por exemplo em 1967: Bande dessinée et figuration narrative, no Museu de Artes Decorativas de Paris). Co-fundador do Salão Internacional de Banda Desenhada de Angoulême (1974), participou na organização de diversos festivais e eventos, bem como em variadíssimos projectos editoriais: dirigiu Pogo-Poco (1969-1971) e Les Pieds Nickelés Magazine (1971-1972), chefiou a redacção das revistas Lucky Luke (1974-1975), Captain Fulgur (1980-1981), Pilote, Charlie Mensuel. (1973-1989), tendo sido director literário da Dargaud, director-geral da Gautier-Langereau (1989-1990) e co-fundador das edições Bagheera (1990-1998).
Co-autor de obras como Bande dessinée et Figuration narrative (1967), L'Histoire de la bande dessinée d'expression française (1972), L'Encyclopédie de la bande dessinée (1974-1975), l'Histoire mondiale de la bande dessinée (1980), L'Aventure de la bande dessinée (1990), Dictionnaire mondial de la bande dessinée (1994), Chronologie de la bande dessinée (1996).
Distinguido no seu país com os mais altos galardões, tendo sido feito Cavaleiro das Artes e das Letras, da Ordem de Mérito Nacional e da Legião de Honra.
Ver aqui informações detalhadas sobre o conjunto da sua actividade.

Ver também este depoimento.

 

publicado por annualia às 11:18
link do post | comentar
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

Gérard Lauzier (1932-2008)

Desenhador, dramaturgo, realizador e guionista francês (Marselha, 30.11.1932 – Paris, 6.12.2008). Arquitecto de profissão, esteve no Brasil entre 1956 e 1964, onde trabalhou como caricaturista e publicitário no Jornal da Bahia. Escreveu para o jornal Pilote a rubrica Tranches de vie (que adaptaria ao teatro) e as aventuras de Zizi et Peterpanpan para a revista Lui. Autor das peças Le Garçon d'appartement (posto em cena por Daniel Auteil) e L’amuse gueule (encenada por Pierre Mondy). Autor e ilustrador de diversos álbuns, como La Course du rat (1978), La Tête dans le sac (1980), Les Cadres (1981), Souvenir d'un jeune homme (1982) e, por último, Portrait de l'artiste (1992), onde retoma a sua personagem favorita, Choupon. Em 1993 recebeu o Grande Prémio do Festival Internacional de Banda Desenhada de Angoulême.
No cinema, dirigiu T’empêches tout le monde de dormir (1982), P’tit con (1984), La tête dans le sac (1984), Mon père, ce héros (1991), Le plus beau métier du monde (1996), Le fils du Français (1999). Co-escreveu o roteiro de Astérix et Obélix contre César (1999, de Claude Zidi).


 

publicado por annualia às 10:32
link do post | comentar
Sábado, 22 de Março de 2008

Raymond Leblanc (1915-2008)

Editor belga (Longlier, Ardenas, 22.5. 1915 –ibid., 21.3.2008) que foi o fundador da revista juvenil Tintin, em 1946, beneficiando da autorização de Hergé para usar a personagem. Mais tarde a revista publicar-se-á também em França, pela mão de Georges Dargaud, e nela aparecerão outros heróis da BD, como Blake e Mortimer. A revista, que chegou a vender meio milhão de exemplares por semana, impôs-se com a frase publicitária «revista para jovens dos 7 aos 77 anos» cessou de ser publicada apenas em 1988. Fundador das Éditions du Lombard, foi pioneiro na utilização das personagens da BD para fins publicitários e criador de outras publicações, como a revista Line. Em 2006 foi criada a Fundação Raymond Leblanc, com sede em Bruxelas.
 
 
publicado por annualia às 00:51
link do post | comentar
Domingo, 18 de Novembro de 2007

Biografia de Hergé

Editorial Verbo associa-se ao centenário do nascimento de Hergé, cujos álbuns do Tintim edita, com a publicação da uma biografia, por Benoît Peeters, que acaba de ser posta à venda.

          

 

 

Veja também o indispensável

                  

 

 

publicado por annualia às 01:15
link do post | comentar

Centenário do nascimento de Hergé

Hergé, patriarca da família Tintim é o título do texto de António Leite da Costa publicado na ANNUALIA 2007-2008.

O artigo contém preciosa informação histórica, nomeadamente sobre a publicação das histórias e desenhos de Hergé em Portugal e tem muitas e belas ilustrações, como abaixo fica exemplificado.

 Capa de O Papagaio (1936) a anunciar o início da publicação de Tintim na América

 

Clique por favor em cima das imagens para aumentar

 

 O português Oliveira da Figueira, na versão original de Os Charutos do Faraó

 

publicado por annualia às 01:01
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Vasco Granja (1925-2009)

Monte Hale (1919-2009)

Claude Moliterni (1932-20...

Gérard Lauzier (1932-2008...

Raymond Leblanc (1915-200...

Biografia de Hergé

Centenário do nascimento ...

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO