Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Prémio Nobel da Literatura 2009 para Herta Müller

  Nobel Prize® medal - registered trademark of the Nobel Foundation

Escritora romena de língua alemã (n. Nitzkydorf, Banat, Roménia). Os seus pais integravam a minoria de língua alemã da Roménia. O pai serviu na Wafeen SS durante a II Guerra Mundial. Muitos romenos de língua alemã foram deportados para a União Soviética em 1945, incluindo a mãe de Herta Müller, que passou cinco anos num campo de de trabalho no que é hoje a Ucrânia. Muitos anos depois, em Atemschaukel (2009), a escritora descreveria o exílio dos romeno-germânicos na União Soviética. Entre 1973 e 1976, Herta Müller estudou literatura alemã e romena na Universidade de Timisoara. Durante este período, esteve ligada ao «Aktionsgruppe Banat», um grupo de jovens autores de língua alemã que, em oposição à ditadura de Ceausescu, lutava pela liberdade de expressão. Depois de completar os estudos, trabalhou como tradutora numa fábrica de máquinas, de 1979 a 1979. Foi dispensada depois de se ter recusado a ser informadora da polícia secreta. Após a sua dispensa, foi incomodada pela Securitate.

Herta Müller estreou-se com a colectânea de contos Niederungen (1982), censurada na Roménia. Dois anos depois, publicou a versão integral na Alemanha e, no mesmo ano, Drückender Tango, saiu na Roménia. Nestas duas obras, descreve a vida numa pequena aldeia de língua alemã, minada pela corrupção e a intolerância. A imprensa oficial romena foi muito crítica em relação a estas obras, enquanto, fora da Roménia, a imprensa alemã as recebia muito positivamente. Devido a ter criticado publicamente a ditadura romena, Herta Müller foi proibida de publicar no seu país. Em 1987, emigrou para a Alemanha, com o marido, o escritor Richard Wagner.

Os romances Der Fuchs war damals schon der Jäger (1992), Herztier (1994) e Heute wär ich mir lieber nicht begegnet (1997) dão, com minúcia de pormenores, um retrato da vida quotidiana numa ditadura estagnada.

A escritora tem proferido conferências em universidades e outras instituições, em Paderborn, Warwick, Hamburgo, Swansea, Gainsville (Florida), Kassel, Göttingen, Tübingen e Zürich entre outros lugares. Desde 1995 que é membro da Deutsche Akademie für Sprache und Dichtung, em Darmstadt.

Obras: Niederungen (contos, 1982), Drückender Tango (contos, 1984), Mensch ist ein großer Fasan auf der Welt (romance, 1986), Barfüßiger Februar (narrativa, 1987), Reisende auf einem Bein (1989), Der Teufel sitzt im Spiegel (1991), Der Fuchs war damals schon der Jäger (romance, 1992), Eine warme Kartoffel ist ein warmes Bett (1992), Der Wächter nimmt seinen Kamm : vom Weggehen und Ausscheren (1993), Herztier (romance, 1994), Hunger und Seide (ensaios, 1995), In der Falle (1996), Heute wär ich mir lieber nicht begegnet (romance, 1997), Der fremde Blick oder Das Leben ist ein Furz in der Laterne (1999), Im Haarknoten wohnt eine Dame (2000), Heimat ist das, was gesprochen wird (2001), Der König verneigt sich und tötet (2003), Die blassen Herren mit den Mokkatassen (2005), Atemschaukel (romance, 2009).

publicado por annualia às 12:37
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio Nobel da Literatur...

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO