Terça-feira, 24 de Junho de 2008

Gerhard Meier (1917-2008)

Escritor suíço (Niederbipp, Berna, 20.6.1917 – Langenthal, Berna., 22.6.2008). Arquitecto de formação, trabalhou durante mais de três décadas numa fábrica de lâmpadas e viveu sempre distante do mundanismo literário. Poeta e romancista, só em 1964 saiu da sombra voluntária em que vivia quando partilhou o Prémio Kafka com o escritor austríaco Peter Handke, pelo livro de poesia Das Gras grünt. Receberia depois as mais distinções mais prestigiosas como o Prémio Pétrarque (1983), o Prémio Theodor-Fontane (1991), o Prémio de Berlim (1991), o Prémio Hermann Hesse (1991), o Prémio Gottfried Keller (1994) e o Prémio Heinrich-Böll (1999).
Algumas obras: Im Schatten der Sonnenblumen (poesia, 1967), Kübelpalmen träumen von Oasen (1969), Es regnet in meinem (poesia, 1971), Einige Häuser nebenan (poesia, 1973), Der andere Tag (1974), Papierrosen (1976), Der Besuch (romance, 1976), Der schnurgerade Kanal. (romance,1977), Toteninsel (romance, 1979), Borodino (romance, 1982), Die Ballade vom Schneien (romance, 1985), Signale und Windstöss. (poesia e prosa, 1989), Land der Winde. (romance, 1990), Das dunkle Fest des Lebens (1995), Ob die Granatbäume blühen (2005).
 
publicado por annualia às 11:08
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO