Terça-feira, 17 de Junho de 2008

Reid Bryson (1920-2008)

bryson.jpg (15133 bytes)
 
Meteorologista americano (Michigan, 1920 – Madison, 11.6.2008). Formado em Geologia na Denison University (1941) e doutorado em Meteorologia na Universidade de Chicago (1948). Director do Departamento de Meteorologia da Universidade de Wisconsin-Madison e Professor Emérito da mesma Universidade, um dos mais prestigiados centros de investigação meteorológica nos EUA. Em 1970, tornou-se director do Institute for Environmental Studies, de cuja criação tinha sido um dos principais entusiastas. Bryson escreveu mais de duas centenas de artigos e 5 livros livros abrangendo campos tão diversos como a geologia, a limnologia, a meteorologia, a climatologia, a arqueologia e a geografia, sempre com o objectivo último de compreender a relação entre o clima, as pessoas e o meio ambiente, tornando-se um dos autores mais citados no que respeita à questão do aquecimento global, sobre o qual apresentou opiniões muito próprias, nem sempre coincidentes com a vulgata sobre esta matéria. Um dos seus interesses foi a reconstrução de climas do passado através de métodos objectivos.
Sobre os seus trabalhos nesta área veja aqui.
 
AQUECIMENTO GLOBAL 
«Para ler as notícias de forma racional, um leitor instruído precisa de algumas noções-chave para fazer uma rápida triagem entre o que é claramente absurdo e o que é provavelmente correcto. (...) Eis algumas dos absurdos correntes:
1. O aquecimento atmosférico do século passado não tem precedente. FALSO. Há literalmente milhares de publicações científicas com dados que mostram que o clima mudou de uma forma ou de outra durante pelo menos 1 milhão de anos.
2. É um facto que o aquecimento do último século tem origem humana e deve-se às emissões do CO2. FALSO. É uma teoria que não tem qualquer prova credível. Há um certo número de causas da mudança climática e, na medida em que não podemos excluir todas as outras causas, não podemos atribuir a mudança apenas ao CO2.
3. O gás mais importante com um efeito de serra é o CO2. FALSO. O vapor de água é pelo menos 100 vezes mais eficaz do queo CO2, pelo que as pequenas variações do vapor de água tem mais influência do que as grandes variações de CO2.
4. Não podemos contradizer os modelos informáticos que predizem o efeito de duplicação do CO2 ou de outro «gás com efeito de serra». FALSO. Para demonstrar isso, dever-se-ia demonstrar que os modelos são capazes pelo menos de reproduzir o clima actual. Não podem fazer, nem em sonhos. Há estudos que mostram que a margem de erro das simulações de precipitação é da ordem dos 100 % e que a simulação da temperatura actual dá margens quase idênticas às que foram preditas para uma duplicação de CO2. Para numerosas regiões, o erro nas precipitações é de 300-400 %.
5. Pretendo dizer que as medições de CO2 são mal feitas. FALSO. As medições de CO2 são feitas correctamente, mas é a sua interpretação que é, frequentemente, anti-científica.
6. Existe geralmente um com consenso entre os cientistas sobre o facto de o CO2 constituir uma causa do aquecimento climático. Provavelmente FALSO. Não me lembro de ter visto qualquer votação e digo que, se uma tal votação fosse organizada pelos mais activistas nesta matéria, isso implicaria uma boa porção de gente que não conhece o clima suficientemente para ter uma opinião credível. Fazer uma votação é um modo arriscado de descobrir a verdade científica.»
(Excerto de uma entrevista que pode ser lida aqui).
 
publicado por annualia às 08:31
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO