Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

Heinz Holliger distinguido com o Prémio Europeu de Cultura

O Prémio Europeu de Cultura, criado em 1993 e patrocinado pelo Príncipe da Dinamarca, a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, o Parlamento Europeu e a Fundação Europeia para a Cultura recompensa, todos os anos, personalidades já consagradas, bem como outras menos conhecidas.

Entre os laureados na edição de 2009, conta-se o oboísta, compositor e director de orquestra suíço Heinz Holliger (n. Langenthal, cantão de Berna, 21.5.1939). Holliger fez os estudos musicais nos conservatórios de Berna, Basileia e Paris. Oboísta de eleição, obteve o 1.º prémio no concurso internacional de Genebra, em 1959, e no concurso de Munique, em 1961. É um fenómeno de virtuosismo digital com uma precisão e clareza total de ataques, mas também senhor de um fraseado perfeito e de uma declamação impressionante. Domina o relativamente escasso repertório do oboé, do barroco aos nossos dias, apresentando-o sistematicamente em concertos e gravações. Quase todos os grandes compositores da segunda metade do século XX compuseram para Heinz Holliger. Como compositor, tem revelado uma atenção cuidada às capacidades instrumentais e tem escrito sobretudo para conjuntos de câmara, identificando-se com uma estética pós-serial. Obteve grande êxito com a ópera Schneewitchen, com libreto de Robert Walser, bem como com o seu Concerto para Violino ou o Ciclo Scardanelli.

Heinz Holliger já foi distinguido com numerosos outros prémios como o Prémio da Associação de Músicos Suíços, o Prémio Léonie Sonning (Dinamarca), o Prémio de Arte da cidade de Basileia, o Prémio de Música Ernst von Siemmens, da cidade de Frankfurt, o prémio Abbiati da Bienal de Veneza, o Prémio do Festival de Zurique, além do doutoramento honoris causa pela Universidade de Zurique.

Heinz Holligar tem trabalhado com grandes orquestras mundiais, incluindo a Filarmónica de Berlim, a Orquestra de Cleveland, a Concertgebouw Orchestra de Amesterdão, a London Symphony Orchestra, a Filarmónica de Viena, a Orquestra Tonhalle de Zurique, a Orquestra da Suisse Romande, a Orquestra Nacional de Lyon ou a Orquestra de Câmara da Europa.

 

publicado por annualia às 10:40
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO