Quinta-feira, 2 de Julho de 2009

Karl Malden (1912-2009)


Actor norte-americano, de ascendência checa por parte da mãe e sérvia por parte do pai, cujo verdadeiro nome era
Mladen Sekulovich (Chicago, 22.3.1912 – Los Angeles, 1.7.2009). Depois de ter feito teatro desde 1937 (tendo integrado a companhia Group Theatre) e de ter chamado a atenção de Elia Kazan, que o dirigiu em peças de Arthur Miller e Tenessee Williams, estreou-se como actor de cinema num filme de Garson Kanin, They Knew What They Wanted (1940). O nome de Malden saltaria para a ribalta com o Óscar para Melhor Actor Secundário, de novo dirigido por Kazan em A Streetcar Named Desire (1951). Em 1954, Kazan coltou a dar-lhe um papel em The Waterfront, pelo qual voltou a ser nomeado. O nome Malden tornou-se, assim, habitual no cinema americano das décadas 50 e 60, facto a que não foi alheio o seu desempenho muito forte de personagens mais ou menos amorais ou duras, e um estilo de representação que se impunha, quer pela vincada personalidade do actor, quer pela sua fisionomia singular e pelo fulgor do jogo fisionómico. Em 1957, dirigiu Time Limit. No início da década de 70, protagonizou uma famosa série de televisão, que o popularizou ainda mais:
The Streets of San Francisco. Regressaria, em 1984, ao protagonismo de outra série: Fatal Vision. Foi um justamente prestigiado Karl Malden que, entre 1988 e 1992, presidou à Academia das Artes e Ciências Cinematográficas. Em 1999, foi um dos defensores da entrega do Óscar Honorário a Elia Kazan.

Alguns filmes da extensa filmografia de Karl Malden: Winged Victory (1944, de George Cukor), Kiss of Death (1947, de Henry Hathaway), The Gunfighter (1950, de Henry King), Where the Sidewalk Ends (1950, de Otto Preminger), I Confess (1953, de Alfred Hitchcock), Take the Highground (1953, de Richard Brooks), Baby Doll (1956, de Elia Kazan), Fear Strikes Out (1957, de Robert Mulligan), The Hanging Tree (1959, de Delmer Daves), The Great Impostor (1961, de Robert Mulligan), One-Eyed Jacks (1961, de Marlon Brando), All Fall Down (1962) e Birdman of Alcatraz (1962), de John Frankenheimer, How the West Was Won (1962, de John Ford e outros), Gypsy (1962, de Mervyn LeRoy), Cheyenne Autumn (1964, de John Ford), The Cincinnati Kid (1965, de Norman Jewson), Nevada Smith (1966, de Henry Hathaway), Billion Dollar Brain (1967, de Ken Russell), Patton (1970, de Franklin J. Schaffner).

 

publicado por annualia às 17:38
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO