Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Padre Cruz: 150 anos do nascimento

 
 
Sacerdote português (Alcochete, 29.7.1859 - Lisboa, 1.10.1948, formado em Teologia em Coimbra, que se evidenciou não pela ciência mas pela sua entrega total às pessoas. Praticou heroicamente o que inculcava aos sacerdotes: «Confessar enquanto se apresentarem pecadores, pregar enquanto houver ouvintes, e rezar até já não se poder mais». Confessou e deu a primeira comunhão, em 1913, a Lúcia, de Fátima, e em Junho ou Julho de 1917 reziu com ela e com os outros dois pastorinhos o terço, dizendo-lhes que não temessem pois era Nossa Senhora quem lhes aparecia. Em 1940 fez-se jesuíta. A fama das suas virtudes e o seu poder diante de Deus fizeram que fosse tido por santo ainda em vida. O processo de beatificação iniciou-se em Lisboa, em 1951, e foi concluído em 1965. A aprovação dos escritos ocorreu a 30 de Dezembro de 1971. Sobre o processo de canonização veja aqui.

publicado por annualia às 09:52
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO