Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

Fernanda Botelho (1926-2007)

Escritora portuguesa (Porto, 1926 - Lisboa, 11.12.2007). Começou por publicar poesia na revista Távola Redonda, vindo a dedicar-se depois à ficção romanesca, por exemplo com o romance Lourenço é Nome de Jogral (1971). Prosadora original e subtil, boa conhecedora da matéria-prima das suas obras, preocupou-se com os aspectos formais sem que estes espartilhassem a narrativa. O seu lirismo é contido mas expressivo. Depois de alguns anos sem publicar, em 1998 reapareceu com o romance Esta Noite Sonhei com Brueghel (1987) que logo venceu o Prémio da Crítica. Foi também distinguida com o Grande Prémio de Romance da APE com o romance As contadoras de histórias (1998).

Outras obras: As Coordenadas Líricas (poesia, 1951); O Enigma das Sete Alíneas (1953), O Ângulo Raso (1957), Calendário Privado (1958), A Gata e a Fábula (1960, prémio Camilo Castelo Branco), Xerazade e os Outros (1964), Terra Sem Música: O Livro de Pitch (1969), Festa em Casa de Flores (1990, Prémio Eça de Queirós), Dramaticamente Vestida de Negro (1994), Gritos da Minha Dança (2003).

publicado por annualia às 14:31
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO