Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

Tomás Jorge (1928-2009)

Tomás Jorge Vieira da Cruz, poeta e contista angolano (Luanda, 1928 – Lisboa, 25.4.2009) que estudou e viveu no país natal antes de se fixar definitivamente em Portugal. Colaborou em diversas revistas e apareceu nas principais antologias de poesia angolana e africana. «Os poemas de Tomás Jorge seguem de perto a tendência temática da sua época, podendo-se destacar a recuperação, pela memória, do tempo da infância, algumas vezes articulado em torno da figura, duplo da própria terra, da «Ama negra», nome, aliás, de um dos seus textos. […] A solidariedade e a esperança de um mundo sem peias ou repressões são ainda fortes núcleos temáticos no conjunto da obra. Ao mesmo tempo que denuncia a opressão, o eu lírico convoca o leitor para que se possa transformar o presente histórico do homem angolano, representado como um não-sujeito do seu próprio destino [...].» (Laura Cavalcante Padilha em Biblos–Enciclopédia Verbo das Literaturas de Língua Portuguesa).

 


publicado por annualia às 09:39
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO