Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Péter Bacsó (1928-2009)

 Le cinéaste hongrois Peter Bacso, décédé le mercredi 11 mars 2009, à Budapest, l'âge de 81 ans.

Realizador e argumentista húngaro (Kosice, Eslováquia, 6.1.1928 – 11.3.2009) que se salientou pelas suas sátiras e denúncias dos processos estalinistas. A exibição de um dos seus filmes, A Tanú (1969, A Testemunha) esteve mesmo proibida durante anos, tendo-se tornado posteriormente um filme de culto na Hungria. Homenageado pelo Festival de Cannes, em 1981, Péter Bacsó foi distinguido pelo conjunto da sua obra no Festival do Filme de Budapeste. Nyár a hegien (1967, Um Verão na colina, premiado na Festival Internacional do Filme de San Sebastián), Jelenidö (1972, premiado no Festival de Locarno), Zongora a levegöben (1976, Um piano em pleno ar), Te rongyos élet (1983, Porcaria de Vida), Banánhéjkeringő (1986, Valsa sobre casca de banana), Sztálin menyasszonya (1991, A noiva de Estaline), Majdnem szüz (2008, Quase Virgem) são títulos que marcam o desenvolvimento da sua filmografia.
publicado por annualia às 11:00
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO