Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Lombroso a cem anos de distância

 
Cesare Lombroso foi um criminologista italiano (Verona, 6.11.1835 - Turim, 18.10.1909) , cuja obra principal, O Homem Criminoso, publicada em 1875, estudava pela primeira vez as relações entre o homem e o crime. Lombroso entendia que o criminoso nato é um doente, que se poderia distinguir por alguns sinais de degenerescência, tais como maxilar inferior largo, fronte baixa e inclinada para trás, implantação baixa dos cabelos. Tentou provar a interligação entre a genialidade, a loucura e a epilepsia. Ao impor à justiça a obrigação de conhecer o homem delinquente, lançou as bases da antropologia criminal. Apesar de não científicas. as suas teorias tiveram grande voga e foram influentes no seu tempo.



Esboços de crânios de criminosos feitos por um director de prisão em 1895

publicado por annualia às 15:30
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO