Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Jan Vladislav (1923-2009)


Poeta, ensaísta, tradutor e editor checo (Hlohovec, Eslováquia, 1923 – Praga, República Checa, 3.3.2009). Em 1948, após a tomada de poder pelos comunistas, foi expulso da Universidade por razões políticas. Impedido de publicar, dedicou-se à tradução e à literatura infantil. Em 1968, fundou Kvart, uma editora clandestina. Foi também um dos primeiros signatários da «Carta 77». Obrigado a abandonar o país, instalou-se em França, em 1981, onde dirigiu um seminário sobre a cultura dos países da Europa Central na
École des Hautes Études en Science Sociales, regressando a Praga em 2003. Galardoado com a Ordem de T. G. Masaryk (1991), a medalha das Artes e da Literatura do Estado francês (1991) e o prémio de carreira do PEN Clube. Em 2001, recebeu o Prémio de Tradução patrocinado pela Estado checo.

Os intelectuais e o poder por Jan Vladislav


 

publicado por annualia às 15:05
link do post | comentar
ANNUALIA
annualia@sapo.pt

TWITTER de Annualia

Artigos Recentes

Prémio de Poesia Luís Mig...

Prémio Pessoa 2009/ D. Ma...

Prémio Goncourt de Poesia...

Prémio Cervantes 2009/ Jo...

O Homem da Capa Verde

Anselmo Duarte (1920-2009...

Francisco Ayala (1906-200...

Claude Lévi-Strauss (1908...

Prémio Goncourt/ Marie Nd...

Alda Merini (1931-2009)

Arquivo

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

todas as tags

pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO